CONGRESSO VIDA 2020| Encerramento do congresso vida é marcado por salvação e renovo

Salvação, renovo espiritual e revelação marcaram a última noite de congresso vida 2020 da Igreja Assembleia de Deus em Rio Largo, na quadra municipal da cidade na direção geral do pastor Arnóbio Tavares e sua esposa irmã Antônia Soares.  Nessa terça-feira (25), a festa continuou no tema: RENOVO, e lema “Renova nossos dias como dantes” Lamentações capítulo 5 e versículo 21. Estiveram cooperando no louvor a União feminina da Assembleia de Deus Rio Largo (Ufadil), a cantora Sara Vitoria (Vila Nova), a Banda Musical Acordes Celeste (Sede) e Cantor Nani Azevedo (Rio de Janeiro).

 

O pregador convidado foi o pastor Alex Gonçalves que já iniciou sua preleçao abordando três tópicos: revelação, intensidade e renovo. Conduziu a mensagem falando sobre Elizeu, homem de revelação. Explicou que a revelação é uma conexão do céu com a terra. A palavra que saía da boca de Elizeu era capaz de mudar a história. O pregador citou a viúva de Sarepta, o milagre da multiplicação do azeite, dizendo “o nível de relacionamento que você cultiva determina o nível de azeite que vai descer na sua vida”, e que a multiplicação do azeite acontece ao entrar no quarto, fechar a porta e orar. “Fecha que multiplica! A porta deve ser fechada”, destacou o Pr. Alex Gonçalves.

 

Citando o milagre na vida de Naamã, um general que adquiriu lepra, e mencionando a menina israelense serva na casa de Naamã, Gonçalves ressaltou que o milagre começa em casa. “Antes de fazer do lado de fora, Deus fará algo dentro da tua casa”. Esclareceu que na história, contada pela bíblia, Naamã precisou de conselhos. Primeiro pela serva e depois pelos amigos. “Que Deus coloque no teu caminho pessoas que te leve a obedecer a Deus”, proferiu.

Em alusão à obediência à vontade de Deus, pastor Alex aclarou que a partir do momento em que Elizeu assumiu seu papel de profeta, Israel não caiu mais em armadilha. “Não tem desespero quando tem revelação”. E mesmo quando Elizeu estava doente, ele recebe revelação no leito. E no momento em quando o rei desce pra vê-lo, ele reconhece a autoridade de Elizeu.
O preletor explicou que quando o rei Jeóas chorou foi porque entendia que a força de Israel era Deus é que Deus estava com o profeta Eliseu por meio da revelação.

Por fim, explicando o texto lido acreditando na revelação, o ministrante faz a explanação que o rei lança a flecha da janela, a flecha da vitória. “Em tempo de guerra não se aparece, vai pro quarto”, disse o pregador. Já quando o rei lança as flechas no chão, foi porque reconheceu a voz de Eliseu. O fato do rei parar significou falta de intensidade. “Deus quer que longe da voz do teu Elizeu e desenvolva maturidade, pois na terra o nível de intensidade quem estabelece é você, a intensidade determinará teu relacionamento com Deus e consequentemente o renovo necessário, e assim poderá mudar de nível, alcançar um nível maior de intimidade com Deus”, conclui.

Confirmando a presença de Deus, 17 pessoas confessaram Jesus como seu único Senhor e Salvador.

The following two tabs change content below.